Anterior

Câmara Municipal realiza última sessão do mês de agosto

07/03/2014

Anterior

Próxima

Câmara discute sobre necessidade da construção do Monumento do TATU BOLA

07/03/2014

Próxima
07/03/2014 - 15:19
Audiência do processo que pede a cassação de Zé Maia acontecerá dia 18/09

O Juiz que responde pela Comarca de Castelo do Piauí, Ulysses Gonçalves da Silva Neto, marcou novamente uma data para a realização da primeira audiência do processo movido por Edmilson Abreu e Rossi Melo, que pede a cassação do prefeito da cidade, Zé Maia e seu vice, o ex-vereador JR. A audiência está marcada para o dia 18 de setembro de 2013.

A ação classificada como AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo) tem como base um possível beneficiamento eleitoral em razão de ajudas financeiras para algumas pessoas através daSecretaria de Assistência Social do município.

Na defesa, o prefeito alegou que a ação foi protocolada fora do prazo e que não houve nenhum ato ilícito por parte da secretaria e que se houvesse, caracterizaria um crime administrativo e não político.

Essa é a terceira vez que essa audiência é marcada. A primeira data seria o dia 13 de maio de 2013, mas foi suspensa através de um mandado de segurança impetrado pelos advogados do prefeito. Os impetrantes, na formulação do pedido, alegaram que na apresentação da contestação nessa AIME, requereram a impugnação do rol de testemunhas exibido na petição inicial do processo, pois foram apresentadas sem a devida qualificação.

A audiência foi então remarcada para o dia 29 de maio, mas não chegou a acontecer. O próprio Juiz decidiu cancelar para que pudessem ser eliminados quaisquer vícios processuais que pudessem prejudicar o andamento do processo.

O processo tem muitas testemunhas arroladas, tanto de acusação como defesa e a expectativa em relação ao seu julgamento é muito grande em toda a cidade. Baseado nesse julgamento existem três pensamentos e torcidas diferentes. No caso do Juiz entender que não há motivos suficientes para a cassação, o prefeito é mantido no cargo. Em caso contrário, há quem acredite na posse do segundo colocado na eleição, o sindicalista Edmilson Abreu. Outros acreditam que se o prefeito de Castelo for cassado, assumirá o presidente da Câmara, Neirane, que terá um prazo para realizar novas eleições.

Apesar de qualquer decisão por parte do Juiz Eleitoral, Ulysses Gonçalves da Silva Neto, o lado que se sentir prejudicado pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral.

 

Fonte: Portal CDP







Link:




Deixe seu comentário



Buriti dos Montes - Hoje
Máxima: 30°C    Mínima: 20°C
Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.