Começou a Semana de Ciência e Tecnologia em Angra

Por João da Silva 28/10/2015 - 15:07 hs

Começou na quarta-feira, 21, em Angra dos Reis, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2015, com o tema “Luz, ciência e vida”. As atividades podem ser conferidas por alunos e pelo público em geral, na praça Zumbi dos Palmares, das 9h às 17h. A organização do evento está sendo realizada pela Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, e segue até a sexta-feira, 23.
O objetivo geral da realização da SNCT no município de Angra dos Reis é contribuir para o desenvolvimento social da região, através da popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação e da melhoria da educação científico-tecnológica. Segundo a secretária de Educação, Jane Aparecida, essas atividades acabam funcionando como um estímulo à curiosidade do aluno e se tornam também uma porta para o crescimento da tecnologia.
– O movimento na praça é só uma parte desse processo, porque na verdade a ciência vem sendo trabalhada em todo o nosso dia a dia e dentro das escolas, onde essas atividades, que serão apresentadas nesses três dias, já acontecem. Este é um ótimo momento para estimularmos a curiosidade dos nossos alunos e promovermos a tecnologia como um todo – destaca Jane, que lembrou ainda que, em 2014, o vereador Eduardo Godinho sancionou uma lei criando a Semana Municipal de Ciência e Tecnologia e inserindo-a no calendário de eventos do município.
Diversos projetos interativos destacam-se nesta 11º SNTC em Angra. A Ampla está com o projeto “Ampla sobre rodas”, em que é apresentado aos alunos os caminhos percorridos pela energia elétrica, desde sua geração até o consumo residencial. Para a população em geral, a Ampla está oferecendo a troca de lâmpadas queimadas por novas. O cliente deve comparecer ao caminhão do projeto com sua conta de luz e até duas lâmpadas para efetuar a troca. Além disso, os clientes inseridos na tarifa social de baixa renda podem concorrer a 20 geladeiras novas, basta participarem de um concurso cultural e torcerem para ser sorteados. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira, 23, e os produtos serão entregues no sábado, das 9h às 13h.
A Nutrimed também participa da SNCT e apresenta aos alunos tudo sobre educação nutricional, incluindo as funções e a importância de cada alimento que contribui para a saúde do corpo. O Projeto Costão vem mostrando como é feito o monitoramento ambiental dos costões rochosos e das praias arenosas. Atualmente, o projeto atua no Terminal Aquaviário da Baía da Ilha Grande (Tebig), onde faz as pesquisas quantitativa e qualitativa dos animais existentes naquela área. Seguindo praticamente a mesma linha, o Projeto Garoupa, que surgiu em 2013 com a ideia de preservação dessa espécie que está ameaçada de extinção globalmente, bem como para o levantamento do habitat e de técnicas de soltura, foca estimular, na SNCT, a educação ambiental dos alunos e dos demais públicos.
Podem ser destacados ainda os projetos dos alunos do curso de Biologia, do Cederj; Inclusão Digital e UTD Altas Habilidades, da Secretaria de Educação da Prefeitura de Angra; Pedagogia, da Uerj; além da Defesa Civil, Brasfels, Eletronuclear e Senai, que levou para a exposição um simulador de solda.
Segundo o subsecretário de Ciência e Tecnologia, Wellington Pereira, esta edição do SNCT em Angra traz uma proposta diferente da anterior, com atividades descentralizadas, que objetiva atender ao maior número possível de alunos.
– Ao longo dos meses de setembro e outubro, realizamos atividades buscando atender a uma grande parcela de alunos, porque sabemos da dificuldade de centralizar as atividades em uma única semana e também de trazer alunos de bairros afastados para o Centro. Tivemos a caravana da Ciência, no Parque Mambucaba, onde atendemos alunos do bairro e também do Frade e Bracuí. Agora, a proposta na Praça Zumbi do Palmares é de atender escolas localizadas desde a Japuíba até a Garatucaia – finaliza Wellington.